Fixo 0800-0562518 | Móvel 11 4873-2113
Olá Visitante, Identifique-se
Olá Visitante, Identifique-se

Tipos de Lentes de Contato

O primeiro registro de lentes de contato, ainda como um projeto, foi concebido por Leonardo Da Vinci, porém foi por volta de 1930 que as lentes ganharam seus primeiros modelos comerciais, ainda bastante desconfortáveis devido aos materiais utilizados em sua fabricação e à baixa permeabilidade de oxigênio, ou seja, capacidade que o material tem de “respirar”.

As lentes de contato vêm ganhando cada vez mais tecnologia em seus materiais, proporcionando muito mais conforto para todos os seus usuários e garantindo o crescimento do seu uso. Hoje, as lentes podem ser diferenciadas basicamente quanto à sua aplicação (patologia) ou material, conforme você poderá conferir abaixo.

Lentes Rígidas

As lentes rígidas ou RGP (Rígidas Gás-Permeáveis) são consideradas mais fáceis de serem manuseadas e limpas, possuindo maior durabilidade também. Como estas lentes permitem que o oxigênio entre direto com a córnea, a chance de quaisquer complicações com seu uso também são reduzidos.

Embora existam diversas pessoas que mal percebem o uso das lentes rígidas, sua adaptação costuma durar algumas semanas, pois são lentes sem tanta flexibilidade quanto as gelatinosas ou de silicone. Vale lembrar que esta adaptação deve ser acompanhada por um médico oftalmologista, que é quem vai poder dizer qual o tipo de lente ideal para a sua patologia.

Lentes Gelatinosas

As lentes gelatinosas, como o nome nos sugere, são muito mais flexíveis se comparadas com as lentes rígidas. Essa flexibilidade permite que as lentes se adaptem mais facilmente à quem está começando a usar as lentes agora. Nunca é demais lembrar, também, que quem nunca utilizou lentes de contato deve procurar um médico oftalmologista para auxiliar na adaptação e fazer as correções necessárias para encontrar a lente ideal para você.

Lentes Silicone Hidrogel

As lentes de Silicone Hidrogel são a evolução das lentes gelatinosas, consideradas as lentes que oferecem mais conforto em comparação com os demais modelos. Isso se deve à sua alta permeabilidade de oxigênio, ou seja, a capacidade que as lentes possuem de “respirar”, aliada à sua capacidade umidificante, que é a lubrificação das lentes.

Lentes de Contato com Grau

Como já deu para perceber, as lentes vêm evoluindo constantemente em tecnologia, sendo que hoje praticamente todas as patologias e graus podem ser corrigidos com o uso das lentes, dando muito mais liberdade para seus usuários. Além de miopia e hipermetropia, existem algumas lentes desenhadas especialmente para diferentes patologias e que valem a pena entendermos melhor, conforme estão descritas abaixo.

Lentes de Contato Tóricas – Para Astigmatismo

As lentes de contato tóricas são desenhadas para correção do astigmatismo, que é a uma patologia que resulta em visão borrada em todas as distâncias. Por esse motivo, as lentes tóricas precisam de um tempo maior de adaptação, mesmo quando são lentes gelatinosas. Isso porque, as lentes possuem um eixo central para a refração da luz, ou seja, precisam estar sempre posicionadas corretamente nos olhos para que sejam realmente efetivas, o que significa que se a lente se movimentar, a clareza da visão também será afetada.

Por esse motivo, as lentes tóricas podem vir com bordas mais largas, ocasionando em um tempo de adaptação maior. Como sempre, a maneira correta de se adaptar às lentes é procurar um oftalmologista que poderá lhe receitar a melhor lente para a sua patologia, considerando também o tempo de adaptação.

Lentes de Contato Multifocais

As lentes de contato multifocais são modelos desenhados para permitir a correção de diferentes patologias, adaptando a correção gradualmente entre longe e perto. Esses modelos são especialmente indicados para os usuários que possuem presbiopia, também conhecida como “vista cansada”. São lentes que também requerem um tempo de adaptação maior, afinal, existirá uma maneira diferente de visualizar os objetos.

Lentes de Contato – Tempo de Duração

Uma das dúvidas mais frequentes para quem pretende começar a usar lentes de contato é: Quanto tempo dura uma Lente de Contato? Pois a resposta pode variar conforme a sua necessidade e patologia. Por exemplo, você pode escolher utilizar lentes de contato somente em ocasiões especiais, como festas ou durante a prática de atividades físicas, onde os óculos podem se tornar um incômodo. Para estes casos, pode ser mais indicado utilizar lentes descartáveis, onde você as utiliza apenas uma vez.

Todavia, se você pretende utilizar suas lentes como substitutas definitivas dos seus óculos, existem as lentes de contato com troca programada, ou seja, são lentes com vencimento pré-estabelecido, tendo validade de até 1 ano após a primeira utilização.

Foram encontrados 9 produtos nesta categoria (em 0,000 segundos)
Ordenar por:
Foram encontrados 9 produtos nesta categoria (em 0,000 segundos)
Ordenar por:

Compre por marcas

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca

Mais procurados

Newsletter
CADASTRE-SE E RECEBA OFERTAS EXCLUSIVAS:

;